Várzea Grande/MT,
-
3 Usuários Online
Já temos  visitas
desde o dia 03/03/2008
  MENU
  FILOSOFIA
  TEOLOGIA
- Sites de Teologia
- Sites de Filosofia
- A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
- Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
- Deus é um seio – Narrativas evangélicas
- Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
- Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Tomás de Aquino
Postado em:02/04/2016 às 15:51 
A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
Como diria Gonzaguinha, começaria tudo outra vez, se preciso fosse! Certamente não da mesma forma, até porque  nu
Postado em:28/03/2015 às 23:49 
Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
Apesar de lançado agora, há muito escrevi este artigo. O autor do livro do Eclesiástico afirma: “Não ordenou a ninguém s
Postado em:01/03/2015 às 15:28 
Deus é um seio – Narrativas evangélicas
No filme de Mel Gibson, A Paixão de Cristo, o que mais me impressionou foi a absoluta fidelidade de Nosso Senhor a Ele m
Postado em:17/12/2014 às 12:34 
Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
Um dos rituais judaicos para expiação dos pecados consistia no fato de toda comunidade colocar as mãos sobre um bode e c
Postado em:30/09/2014 às 17:54 
Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Há muito escrevi este texto. Não faço ideia em que gênero literário enquadrá-lo.  Também não julgo que seja desti...
Pensadores
por: - Data:23/05/2010 às Horário: 20:54
Josef Pieper: Tomás-Hoje
Anexos do Artigo: 

Josef Pieper nasceu na Alemanha, em Elte (Westfália), em 1904. Cursou Filosofia, Direito e Sociologia, em Berlim e Münster.  Doutorou-se em Filosofia pela Universidade de Münster, em 1928, com a tese: Die ontische Grundlage des Sittlichen nach Thomas von Aquin. Esta veio a ser publicada com o seguinte título: Die Wirklichkeit und das Gute nach Thomas von Aquin  (A Realidade e o bem segundo Tomás de Aquino). Pieper faleceu em 1997. Foi casado com Hildegard – falecida em 1984 – e teve três filhos: Thomas, Monika e Michael.

Neste artigo falaremos a que se deve, segundo Pieper, a sua defesa irrestrita da atualidade do pensamento tomasiano para os nossos dias. Em primeiro lugar, buscaremos alcançar a distinção que Pieper faz entre filosofia e ato de filosofar. Depois, esmeraremos por compreender como Pieper entende a busca da unidade da verdade como o coração da filosofia de Tomás e o pulsar do próprio ato de filosofar. Em seguida, esforçar-nos-emos por esclarecer as notas características deste ato de filosofar, que são: abertura e universalidade. Após isso, procuraremos conhecer como, na concepção de Pieper, o ato de filosofar pode superar antagonismos e intolerâncias. Dando sequência, alcançada a compreensão de como este ato de filosofar envolve a pessoa como um todo – com suas crenças, cultura, sentimentos, etc – poderemos, então, entender a razão pela qual Pieper não estabelece fronteiras rígidas entre filosofia e teologia. O nosso principal aporte teórico será a tese de doutorado do Prof. Dr. Luiz Jean Lauand sobre Pieper: O que é uma Universidade?

 Sobe |    
   Documentos da notícia:
 Josef_Pieper_Tomas_Hoje.pdf
  Copyright © filosofante.org.br 2008 - Todos Direitos Reservados