Várzea Grande/MT,
-
2 Usuários Online
Já temos  visitas
desde o dia 03/03/2008
  MENU
  FILOSOFIA
  TEOLOGIA
- Sites de Teologia
- Sites de Filosofia
- A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
- Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
- Deus é um seio – Narrativas evangélicas
- Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
- Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Tomás de Aquino
Postado em:02/04/2016 às 15:51 
A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
Como diria Gonzaguinha, começaria tudo outra vez, se preciso fosse! Certamente não da mesma forma, até porque  nu...
Postado em:28/03/2015 às 23:49 
Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
Apesar de lançado agora, há muito escrevi este artigo. O autor do livro do Eclesiástico afirma: “Não ordenou a ninguém s
Postado em:01/03/2015 às 15:28 
Deus é um seio – Narrativas evangélicas
No filme de Mel Gibson, A Paixão de Cristo, o que mais me impressionou foi a absoluta fidelidade de Nosso Senhor a Ele m
Postado em:17/12/2014 às 12:34 
Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
Um dos rituais judaicos para expiação dos pecados consistia no fato de toda comunidade colocar as mãos sobre um bode e c
Postado em:30/09/2014 às 17:54 
Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Há muito escrevi este texto. Não faço ideia em que gênero literário enquadrá-lo.  Também não julgo que seja desti...
Resposta
por: - Data:10/11/2010 às Horário: 20:48
Breve reflexão acerca da Onipotência Divina
Anexos do Artigo: 

Esta reflexão é baseada no instigante texto, designado como “Paradoxo da Pedra”, que foi proposto por uma senhorita, numa Comunidade [Filosofante] do orkut consagrada à divulgação deste Site. Ei-lo:

 

O paradoxo da pedra: solução ou contradição? Comecemos por estrear esta comunidade com um assunto que tem sido amplamente usado como forma de negar um atributo de Deus: a ONIPOTÊNCIA! Em várias passagens que tive nos meios virtuais e reais, seja em comunidades do orkut ou discussões em blogs, vejo que esta proposição gera uma verdadeira polêmica: "Deus é Todo-Poderoso, sabe tudo, está presente em tudo e PODE tudo. Pode inclusive criar uma pedra tão pesada que nem ele mesmo pode levantar. 1) Se ele tem poder para criar tal pedra, logo ele não é onipotente, porque não conseguiria levantá-la; 2) Se ele consegue levantá-la, logo ele também não é onipotente, porque não conseguiu criar uma pedra tão pesada.

 

Apenas alguns apontamentos. A palavra impossível, do latim imposibilis, tem como prefixo “in”, que significa “não”. Portanto, impossível é o que não é possível. Longe de nós querer impor esta “tautologia” aos leitores. De fato, o que é o possível? Sem entrar nas minúcias lógico-filosóficas deste termo, podemos dizer que possibilis vem de possum, que significa “poder”, “ser capaz de”. Entretanto, entranhado ao conceito de possível, está o de possibilidade [possibilitatis], que nos remete ao que é factível, ao que é exequível, e ao que é passível de perfeição [“per-fectio”= totalmente feito].

 Sobe |    
   Documentos da notícia:
 onipotencia_divina.pdf
  Copyright © filosofante.org.br 2008 - Todos Direitos Reservados