Várzea Grande/MT,
-
2 Usuários Online
Já temos  visitas
desde o dia 03/03/2008
  MENU
  FILOSOFIA
  TEOLOGIA
- Sites de Teologia
- Sites de Filosofia
- A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
- Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
- Deus é um seio – Narrativas evangélicas
- Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
- Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Tomás de Aquino
Postado em:02/04/2016 às 15:51 
A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
Como diria Gonzaguinha, começaria tudo outra vez, se preciso fosse! Certamente não da mesma forma, até porque  nu...
Postado em:28/03/2015 às 23:49 
Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
Apesar de lançado agora, há muito escrevi este artigo. O autor do livro do Eclesiástico afirma: “Não ordenou a ninguém s
Postado em:01/03/2015 às 15:28 
Deus é um seio – Narrativas evangélicas
No filme de Mel Gibson, A Paixão de Cristo, o que mais me impressionou foi a absoluta fidelidade de Nosso Senhor a Ele m
Postado em:17/12/2014 às 12:34 
Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
Um dos rituais judaicos para expiação dos pecados consistia no fato de toda comunidade colocar as mãos sobre um bode e c
Postado em:30/09/2014 às 17:54 
Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Há muito escrevi este texto. Não faço ideia em que gênero literário enquadrá-lo.  Também não julgo que seja desti...
Ética e Política Tomásica
por: - Data:19/03/2010 às Horário: 16:53
O “Materialismo” no pensamento de Tomás de Aquino
Anexos do Artigo: 

É comum a objeção segundo a qual a moral que emana da teologia medieval resultaria de uma forma antinatural de ver o homem, e torna-se cada vez mais corriqueiro ouvir teólogos adotando essa preconceituosa antipatia pela moral cristão-medieval. Na verdade, o argumento mais forte que encontram aqueles que defendem essa ideia é dizer que a moral dos escolásticos é em demasia espiritualista e desencarnada. Desta espécie de “pré-conceito” é vítima inclusive Tomás de Aquino. De resto, tem-se tornado um lugar-comum dizer que o caminho para se construir uma moral sadia começa forçosamente pela superação do que eles chamam de rigorismo medieval. Porém, nada mais injusto do que chamar a concepção moral de Tomás de Aquino de desencarnada ou de se afirmar que Tomás despreza o corpo quando estuda o comportamento ético. Entretanto, para entendermos o quanto se equivocam aqueles que assim pensam, mister é compreendermos algumas notas da antropologia tomasiana. Mostrar como esta antropologia tomásica se distingue do dualismo platônico na teoria e na práxis do agir ético é o objeto precípuo deste texto.

Procederemos assim: antes de tudo, mostraremos que a concepção que Tomás tem de homem, mediante o conceito de união substancial entre matéria e forma nas substâncias sensíveis, resgata o corpo como parte da natureza humana; em seguida, como para Tomás o agir segue o ser e o modo de agir o modo de ser, veremos que um homem, cujo ser constitui-se da união entre alma e corpo, não pode agir somente de acordo com a sua alma se quiser agir eticamente; por fim, arrolaremos exemplos práticos de como Tomás aplica esta teoria na práxis.

A principal fonte da nossa abordagem será a Summa Theologiae de Tomás de Aquino, na sua mais recente tradução brasileira, empresa de fôlego das Edições Loyola, que resultou no aparecimento de nove volumes, entre os anos de 2001 a 2006.

 Sobe |    
   Documentos da notícia:
 Materialismo_Pensamento_Tomas_de_Aquino.pdf
  Copyright © filosofante.org.br 2008 - Todos Direitos Reservados