Várzea Grande/MT,
-
2 Usuários Online
Já temos  visitas
desde o dia 03/03/2008
  MENU
  FILOSOFIA
  TEOLOGIA
- Sites de Teologia
- Sites de Filosofia
- A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
- Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
- Deus é um seio – Narrativas evangélicas
- Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
- Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Tomás de Aquino
Postado em:02/04/2016 às 15:51 
A Ética Filosófica em Tomás de Aquino
Como diria Gonzaguinha, começaria tudo outra vez, se preciso fosse! Certamente não da mesma forma, até porque  nu...
Postado em:28/03/2015 às 23:49 
Humildade e exaltação: A dinâmica do amor
Apesar de lançado agora, há muito escrevi este artigo. O autor do livro do Eclesiástico afirma: “Não ordenou a ninguém s
Postado em:01/03/2015 às 15:28 
Deus é um seio – Narrativas evangélicas
No filme de Mel Gibson, A Paixão de Cristo, o que mais me impressionou foi a absoluta fidelidade de Nosso Senhor a Ele m
Postado em:17/12/2014 às 12:34 
Marxismo: A “sacrossanta” anulação do amor ao próximo por amor à humanidade
Um dos rituais judaicos para expiação dos pecados consistia no fato de toda comunidade colocar as mãos sobre um bode e c
Postado em:30/09/2014 às 17:54 
Deus, Filosofia e Vida – Uma primeira aproximação
Há muito escrevi este texto. Não faço ideia em que gênero literário enquadrá-lo.  Também não julgo que seja desti...
Filosofia e Teologia
por: - Data:21/11/2009 às Horário: 18:11
Sinopse da filosofia cristã: um conspecto histórico
Anexos do Artigo: 

Pensadores cristãos chegaram a patentear que a religião cristã era a verdadeira filosofia. Ora, por trás desta “pia” e “ingênua” afirmação, esconde-se um profundo perigo. Mister é acautelar-nos. Para que possamos entender os riscos que tal identificação acarreta, será necessário tecermos algumas considerações sobre o pensamento daquele que foi o primeiro arauto da teologia cristã, Paulo de Tarso. 

Para ele, o cristianismo não é, como poderia sugerir certa interpretação de alguns textos dos primeiros pensadores cristãos, uma filosofia que venha a se impor como verdadeira ante as demais. Para Paulo, ser cristão não é trocar uma filosofia por outra. Antes, a religião cristã, tal como a concebeu e a apresenta em suas epístolas, é essencialmente distinta de toda e qualquer filosofia. Sem embargo, era verdadeiramente uma religião, e não uma nova filosofia o que ele propunha em suas pregações.

 Primeiramente, esta religião funda-se numa pessoa, a saber, Cristo Crucificado, e não numa sabedoria aos moldes daquela que os filósofos buscavam. Para o Apóstolo dos Gentios, mais ainda, a religião cristã opõe-se a toda filosofia e é a única capaz de salvar o homem de suas misérias. Para São Paulo, quando o que se está em jogo é a salvação do homem, qualquer filosofia, inclusive a grega, e mesmo qualquer religião, incluindo a judaica, mostram-se vãs. Só Cristo crucificado salva.

 Sobe |    
   Documentos da notícia:
 sinopse_filosofia_crista.pdf
  Copyright © filosofante.org.br 2008 - Todos Direitos Reservados